Páscoa do AMOR e da VIDA

DAS ROTINAS TÃO NOSSAS | “Tocam os sinos na torre da Igreja, há rosmaninho e alecrim pelo chão, na nossa aldeia, que Deus a proteja, vai passar a procissão!”

DESTE AMOR QUE NOS ENCHE | e contemplámos como fazemos sempre que estamos juntos sobretudo em dias tão felizes como este, dias de Cristo ressuscitado, dias de coração pleno de amor, dias tão nossos e tão cúmplices. domingo de Páscoa, domingo de dar graças pela VIDA, domingo de sermos mais família, domingo de AMOR!

Anúncios

brothers and sisters

Bem feitas as contas, eu tenho 3 irmãos, ou melhor 4. Assim irmãos mesmo de sangue, somos 3, eu, a Matilde e o Guilherme mas a Quica também é nossa irmã (teoricamente é nossa prima em segundo grau) e é sempre óptimo quando vai lá passar uma semana ou duas ou um fim de semana porque nos lembra que NÓS somos 4 e como irmãos damo-nos muito bem. Bem vistas as coisas até somos 5 porque a minha tia, que é 20 anos mais nova que a minha mãe, sempre foi a nossa irmã mais velha e é assim que a vimos. Por isso, às vezes somos 3 mas é muito melhor quando conseguimos ser 4 ou 5 porque isto de sermos irmãos é delicioso quando percebemos que somos verdadeiramente “a primeira pessoa do plural” de forma tão íntima e tão cúmplice como só os irmãos podem ser.

(se formos a ver, somos muito mais que 5!)

na TOCA, “nós somos, existimos”

Gosto muito do Tiago e depois disto (http://www.myspace.com/tiagonatoca/) não consigo sequer descrever este cd/livro/projecto melhor do que ele:

“Tiago na toca é um projecto à parte. Não é um disco, ou um livro, ou um personagem. É apenas o nome que dei ao conjunto de experiências que faço por intuição ou acaso, separadas dos meus discos de carreira (…) No fundo gostava que este projecto se caracterizasse por não ter qualquer definição. Será o que for, nas alturas em que acontecer, como tiver que acontecer.” (Tiago Bettencourt)

Uma delícia para ler e ouvir, como não podia deixar de ser quando se juntam nomes como a Sophia, o Pessoa, o Ary dos Santos, a Florbela, o O’Neill, o Camané, a Carminho entre outros e, claro, o Tiago (e é impossível não os tratar por tu quando “na toca, a intimidade se reparte, não se pulveriza e é na intimidade que a alma se acende”).